Marabá
33°C
Overcast clouds

Representante do Grupo Mateus fala sobre expansão em Marabá

O gerente comercial enfatizou que os investimentos continuam e que, Marabá, estrategicamente, é um dos grandes redutos de clientela. Encontro aconteceu no último dia 29
Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Edson Rodrigues, gerente Comercial e Marketing do Grupo Mateus no Pará, participou, na última quarta-feira (29), de reunião da Comissão Socioeconômica de Marabá e falou um pouco sobre a empresa e as perspectivas para o futuro em Marabá e região. De início, Edson apresentou um vídeo explicando que o grupo, fundado em 1986, possui, atualmente, 40 mil colaboradores, com 35 anos de mercado.

“Possuímos 40 atacarejos, 30 supermercados, 88 lojas Eletro, entre outros. Somos a 4ª rede do país, atrás apenas de multinacionais: Carrefour, Assaí e GPA. Em 2021, temos a estimativa de um faturamento de 20 bilhões de reais. Saímos de 39 lojas em 2013 para 211 estabelecimentos em 2021, em uma empresa familiar 100% brasileira.

O gerente comercial destacou que Marabá sempre foi uma cidade estratégica e que tem um olhar diferenciado da empresa. “Marabá representa 4% do faturamento do Grupo e temos a intenção de investir mais, em loja com espaço Spazzio, com restaurante, produtos importados e um local diferenciado”.

Edson revelou que as lojas do Mateus em Marabá geram 1.100 empregos diretos e mais 300 indiretos, distribuídos em nove lojas do conglomerado. “Dos 40 mil funcionários são 9 mil no Pará, quase chegando aos 10 mil. Desde que a pessoa tenha vontade e seja honesta, o Matheus auxilia no processo de aprendizado”.

O gerente comercial enfatizou que os investimentos continuam e que, Marabá, estrategicamente, é um dos grandes redutos de clientela. “Estamos construindo lojas em vários locais, em 6 estados, que iremos inaugurar a partir de janeiro. Em Marabá, vamos ampliar a loja Camino, no Núcleo São Félix, que terá o dobro do tamanho atual”.

Por fim, Edson afirmou que uma das estratégias sempre é fortalecer a parceria na região, com fornecedores locais, citando a Granja Nossa Senhora, Folhagens Jair de Paula, Queijos Lethe, Indústria Lebom, Friosul Alimentos, Salgadinhos Alvorada e pão de queijo Sabor Mineiro, como exemplos.

A vereadora licenciada Vanda Américo pediu que a empresa avalie um investimento na Marabá Pioneira, com a construção de um supermercado.

Márcio do São Félix mostrou satisfação em ver o grupo investindo e comprando de fornecedores locais. “O executivo tem investido nos pequenos produtores, que tem fomentado muito o segmento de hortifruti. Peço que alguém entre em contato para ver se consegue elencar alguns produtores que possam fornecer produtos para o Mateus”. (Ascom CMM)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!