Marabá
26°C
Clear sky

Vítima encontra moto furtada no “Bazar Marabá” e polícia prende receptadora

A Polícia Civil foi acionada pela vítima e prendeu uma mulher em flagrante pelo crime de receptação
Anúncio de moto furtada foi postado no bazar virtual | Foto: Portal Debate Carajás
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

MARABÁ, SUDESTE DO PARÁ — Gleiciane Oliveira da Silva foi presa pelo crime de receptação após tentar vender uma motocicleta furtada que estava exposta no conhecido “Bazar Marabá”, grupo de compra e venda de produtos pela rede social Facebook. A vítima foi quem encontrou a moto, modelo Honda CG 125 Fan, no bazar virtual e negociou a compra do veículo, marcando local e horário para encontrar o vendedor. A Polícia Civil foi acionada pela vítima e prendeu a mulher em flagrante.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima entrou em contato com um homem chamado apenas de Max — responsável pelo anúncio no grupo Bazar Marabá — para negociar a aquisição da moto furtada. A partir disso, ele marcou local e horário para encontrar o vendedor e prendê-lo pelo crime, mas quem apareceu com o veículo foi Gleiciane. A prisão aconteceu na Rua Sérvulo Brito, próximo a um posto de combustível, no Núcleo Cidade Nova, em Marabá.

A moto, segundo a polícia, foi furtada na noite da última sexta-feira (1º), na Rua Afro Sampaio, Núcleo Cidade Nova. O veículo estava em frente à residência de um amigo da vítima. Conforme imagens de câmeras de videomonitoramento, a moto foi furtada por uma pessoa que usava boné branco, não sendo possível perceber mais detalhes por conta da distância e do horário em que o crime ocorreu.

Gleiciane foi abordada pelos policiais civis assim que foi avistada com o veículo furtado que foi negociado com a própria vítima. Ela foi algemada e conduzida à Delegacia de Polícia Civil para a realização dos procedimentos previstos em lei. O próximo passo da apuração policial é descobrir o paradeiro do comparsa da suspeita. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!