Marabá
25°C
Overcast clouds

Nas cordas, boxeador implora para continuar: ‘Pronto para morrer’

Confronto entre os boxeadores Hassan N’Dam e Janibek Alimkhanuly ocorreu, em Las Vegas, no último domingo (21).
Casaque castigou o camaronês em luta realizada em Las Vegas. Foto: Mikey Williams/Top Rank Inc via Getty Images
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

LAS VEGAS, EUA – No último domingo (21), a luta entre os boxeadores Hassan N’Dam e Janibek Alimkhanuly, em Las Vegas, teve um momento inusitado e ao mesmo tempo assustador, mas terminou tudo bem.

Durante a luta, mas já dominado, no oitavo round, o camaronês N´Dam estava nas cordas, em um dos cantos do ringue, quando tomou uma sequência de socos do cazaque Alimkhanuly. O juiz da luta preparava-se para interromper o combate, quando o boxeador pediu para continuar a troca de socos.

“Não, não, não pare. Estou pronto para morrer aqui”, implorou. Apesar da insistência, a luta da categoria pesos médios foi finalizada e Alimkhanuly saiu vitorioso. Já N’Dam, ex-campeão mundial de boxe, perdeu seu terceiro confronto em quatro disputas, em um pouco mais de dois anos, para tristeza de fãs, amigos e familiares.

No ringue, o vencedor da luta fez questão de exaltar a entrega do oponente, que tentou até o fim do embate se manter de pé, apesar dos duros golpes, mas não se entregou.

“Hoje estou pronto para ser o próximo campeão mundial. Mas, devo dar crédito a N’Dam, ele foi um ex-campeão durão que sofreu muitos castigos hoje”, afirmou Alimkhanuly após ser declarado vencedor depois da luta.

Aos 37 anos, caminhando-se para o fim da carreira, N´Dam tem um cartel de 44 lutas, com 38 vitórias, sendo 21 por nocaute, evidenciando uma trajetória vencedora no boxe.

O nascido no Cazaquistão, Alimkhanuly, 28 anos, segue invicto como profissional e buscando o título mundial. Em 11 embates, venceu todas, sendo sete nocautes e quatro vitórias pela decisão dos juízes, como na última luta.

Seu “teste” mais difícil foi contra o boxeador, Alimkhanuly, ex-campeão do WBA (Regular), Rob Brant, que acabou nocauteado no sexto round. Janibek Alimkhanuly anda mostrando que terá uma carreira vitoriosa na chamada nobre arte. (Portal Debate Carajás, com Yahoo)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!