Marabá
27°C
Overcast clouds

Traficante de Marabá é preso com 21 mil reais e quase 3kg de droga

Abordados pela Polícia Militar, suspeitos não souberam explicar o que estavam fazendo.
Suspeitos foram presos e apresentados na delegacia (Reprodução/Redes Sociais)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Dois homens foram presos, na última quinta-feira (19), pelo crime de tráfico de drogas, no Distrito de Maracajá, zona rural do município de Novo Repartimento, na região sudeste do Pará. Com eles, a Polícia Militar encontrou quase três quilos de pedra de “oxi” e pouco mais de R$ 21 mil em dinheiro.

Os suspeitos foram identificados como Antônio Alves do Amaral, de 40 anos, e Ruideglan Alves Barbosa, de 36. Eles estavam parados em uma caminhonete Hilux, cor prata, às margens de uma estrada na zona rural de Novo Repartimento, e chamaram atenção de uma guarnição da PM que fazia rondas na área.

Questionados pelos policiais sobre o que estavam fazendo ali, os homens não souberam se explicar. Durante a revista, os PMs encontraram dois tabletes de pedra de oxi jogados perto da caminhonete e um terceiro tablete foi encontrado em um fundo falso da tampa da carroceria.

Com este fato, Ruideglan e Antônio revelaram que saíram da cidade de Marabá com destino ao Distrito de Maracajá para entregar a encomenda para um homem conhecido como “Baixinho”. Disseram também que iriam para a cidade de Pacajá, a 100 quilômetros dali.

Além da droga e do dinheiro, a polícia apreendeu três celulares, uma pulseira aparentemente de ouro e a caminhonete Hilux que estava com uma carga de produtos veterinários. Os presos pelo crime de tráfico de drogas foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Novo Repartimento, juntamente com os produtos apreendidos. (O Liberal)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!