Marabá
27°C
Scattered clouds

Polícia procura padrasto suspeito de estuprar a enteada de 7 anos

“A menina chorou muito enquanto falava conosco”, declarou o conselheiro tutelar que acompanhou o caso
Foto: Ilustração
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um homem está sendo procurado sob suspeita de ter estuprado a sua enteada, de apenas sede ano. De acordo com a Polícia Civil do Piauí, que investiga a denúncia, o rapaz fugiu após ser flagrado cometendo o ato contra a criança pela mãe da menina, com quem vivia. O fato ocorrendo dentro de uma residência, na cidade de Teresina, capital do Piauí.

“A mãe disse para nós que já suspeitava que algo poderia estar acontecendo, mas mesmo assim ficou surpresa ao encontrar o companheiro abusando da filha. Ela disse para ele que iria denunciar, o que de fato fez, e ele fugiu da casa”, declarou Ivan Cabral, conselheiro tutelar. Ele conta que o homem buscou um momento de distração da mãe para estuprar a sua filha enquanto a mesma tomava banho.

“É uma situação muito grave. A menina chorou muito enquanto falava conosco, e a gente sabe que ela vai carregar esse trauma para sempre”, lamentou o conselheiro.

O rapaz fugiu após ser flagrado pela mãe da menina no ato e a Polícia Militar sontinua nas buscas para lcoalizar o suspeito.

A menina e a mãe foram levadas para a Central de Flagrante, onde realizaram a denúncia. Os abusos devem ser comprovados através de exames realizados no Serviço de Atendimento à Mulheres Vítima de Violência Sexual (Samvvis).

Na mesma residência onde a criança foi abusada, ocorreu outro crime, há um mês, no dia 12 de junho. Ana Valeska Araújo foi morta vítima de feminicídio pelo ex-marido, Wagner Dias Freitas. (Com G1 Piauí)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!