Marabá
23°C
Clear sky

Pai é morto a golpes de facão diante do filho no nordeste do Pará

Vizinhos acreditam que rixa entre a vítima e o agressor motivou o crime que chocou a pequena Augusto Corrêa
Vizinhos informaram que a vítima e o acusado tinham uma rixa e isso pode ter sido a causa da morte do cabeleireiro (Reprodução / FB Notícias)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A Guarda Municipal da cidade de Augusto Corrêa, no nordeste do Pará, prendeu José Maria da Silva Padilha, 26 anos, conhecido como “Cabeça”, suspeito de matar o cabeleireiro, Willame Araújo Oliveira, 28 anos, com pelo menos cinco golpes de facão, na frente do próprio filho da vítima.

A criança, aos gritos, implorou para “Cabeça” não matar o pai dele, mas não foi atendido. Willame Oliveira morreu, no começo da manhã, desta segunda-feira (20), no bairro Pratiaçu. Uma rixa antiga teria motivado o crime. O suspeito foi preso ao se dirigir a uma agência bancária em companhia de sua mãe.

O corpo de Willame Oliveira foi removido por uma equipe do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Bragança para ser necropsiado no Instituto Médico Legal em Castanhal e posterior liberação para velório e enterro. (Portal Debate Carajás, com O Liberal)

Willame foi morto durante a manhã desta segunda-feira – Crédito: Redes sociais

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!