Marabá
25°C
Clear sky

“Padeiro” é morto pela polícia em Parauapebas

Tainã Fernandes da Silva estava até com uniforme quando foi baleado pela Polícia Civil, que prometeu abrir inquérito para apurar o caso. Intervenção ou homicídio? | Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Foi identificado como Tainã Fernandes da Silva, conhecido como “Padeiro”, o homem que foi morto pela Polícia Civil de Parauapebas, no sudeste do Pará, por volta das 18h30 de quinta-feira (4).

Segundo a polícia, ele estava junto com outras pessoas em uma casa onde um celular roubado estava escondido. De acordo com moradores do bairro, porém, afirmaram que Tainã trabalhava como padeiro e não tinha nenhum histórico de envolvimento em atividades criminosas.

A ação ocorreu quando agentes da Guarda Municipal faziam patrulhamento pelo Bairro Liberdade e foram parados por uma pessoa que estava no local e relatava que uma dupla de assaltantes teria acabado de roubar o celular de um primo

A pessoa que denunciou informou ao policial que estava rastreando o aparelho e que, portanto, sabia onde seria o local em que o telefone móvel estava.

Diante disso, os guardas municipais acionaram uma equipe da Polícia Civil e, junto com a vítima do roubo, se deslocaram até o local onde estaria o celular.

De acordo com a versão da polícia, chegando ao local, as equipes da Guarda e da Polícia foram recebidas a tiros por pessoas que estavam dentro de uma casa no alto de um morro.

Para se proteger, os policiais responderam aos tiros, abrindo fogo na direção da casa e atingindo um dos suspeitos, enquanto outros dois suspeitos fugiram para dentro de um matagal e, até o momento, não foram localizados.

Os policiais afirmam que chegaram a prestar socorro a Tainã. Ele foi levado ao Hospital Municipal de Parauapebas, porém não resistiu e morreu. A Polícia Civil ficou de abrir inquérito policial para investigar a intervenção e resulto na morte de Fernandes. (O Liberal)

Crédito: Reprodução

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!