Marabá
27°C
Scattered clouds

Polícia continua buscas por travesti acusada de abuso sexual em Parauapebas

Foragido zomba da Justiça em pôster nas redes sociais da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher.
"Luan Albuquerque" é considerado foragido pela Polícia Civil | Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A Polícia Civil de Parauapebas, no sudeste do Pará, deflagrou a “Operação Book Rosa”, no dia 23/6/2021, prendeu o empresário Mauro de Souza Davi, conhecido como “Marola Shows”, o Eduardo Liebert Araújo dos Santos e o advogado Antônio Araújo Oliveira, o “Toni”, mas a travesti Fabrício Luan Oliveira, vulgo “Luan Albuquerque”, continua foragido e zombando das investigações.

“Luan Albuquerque” é considerado foragido porque foi indiciado Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) pelos crimes de estupro de vulnerável e prostituição de adolescentes. A travesti é considerada a “cafetina” que aliciava as menores para satisfazer as taras sexuais de “Marola Shows”, Eduardo Liebert e “Toni”. Os três continuam trancafiados no sistema penal de Parauapebas.

Crédito: Reprodução

“Engraçadinho”

Nas redes sociais da Deam, após publicar um pedido, no dia 29/6/2021, solicitando ajuda da população para localizar a transexual foragida, a própria “cafetina” fez um comentário na postagem: “Para que? Para acabar com a minha imagem com acusações falsas! Amiga isso vai ser provado…”.

De imediato, o perfil da Delegacia da Mulher respondeu de maneira irônica, para a surpresa dos internautas. “Oi sumido!!! tudo bem? passa aqui na delegacia para explicar para gente direitinho 🙂 inté”. O pôster foi logo removido da rede social Facebook.

A “cafetina” continua a desafiar a Polícia Civil de Parauapebas, pois, há mais de 15 dias, decorridos da “Operação Book Rosa”, “Luan Albuquerque” continua foragido e ainda zombando da cara da Justiça. O Portal Debate Carajás conversou com policiais  civis a respeito do paradeiro do fugitivo. Eles afirmaram que o “cerco está se fechando” e Fabrício Oliveira deverá ser capturado nos próximos dias. (Portal Debate Carajás)

Eduardo Liebert, “Toni” e “Marola Shows” continuam presos em Parauapebas – Crédito: Reprodução

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!