Menino de sete anos é estuprado pelo companheiro da avó e pega sífilis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um menino de apenas sete anos, que sofreu abusos sexuais por parte do companheiro de sua avó — um homem de 55 anos —, foi diagnosticado com sífilis e cancro mole, infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

A informação foi confirmada pelo delegado Wagner Bassi Junior, da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cuiabá (MT).

Conforme o delegado, o caso foi descoberto depois que a mãe do menino percebeu que ele se queixava de dor na região anal.

A mulher, então, levou o filho para atendimento médico e recebeu a recomendação de procurar a delegacia para fazer exame de corpo de delito, pois havia a suspeita de abuso sexual. O laudo confirmou tanto o estupro quanto a infecção.

O caso aconteceu em junho deste ano, e desde então era investigado pela delegacia. Nesta segunda-feira, o companheiro da avó do menino, identificado pelas iniciais F.R.H., foi preso pela Polícia Civil.

O delegado ainda afirmou que, depois do caso, tanto a mãe do menino quanto a irmã dela procuraram a Delegacia da Mulher para registrar um boletim de ocorrência contra o suspeito, por assédio sexual, quando elas tinham cerca de 10 anos. Hoje elas têm, respectivamente, 30 e 41 anos.

O acusado foi preso em casa, no bairro Tijucal, em Cuiabá, e chegou a resistir à prisão. Ele tentou fugir da viatura policial e precisou ser contido pelos agentes.

O Livre

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!