Marabá
33°C
Overcast clouds

Ginecologista é preso por crimes sexuais em pacientes

Delegada responsável pelo caso, Isabella Joy, revelou que mais 48 mulheres registraram boletins de ocorrência contra o médico Nicodemos Junior Estanislau Morais, 41 anos, por violação sexual. Ele está preso, em Anápolis (GO), suspeito de abusar de cinco pacientes
Nicodemos Júnior Estanislau Morais, 41 | Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O ginecologista e obstetra Nicodemos Junior Estanislau Morais, 41 anos, foi preso, na última quarta-feira (29), em Anápolis, estado de Goiás, por violação sexual de cinco mulheres. As vítima foram abusadas no Distrito Federal; Goiás e no Paraná.

Nicodemos Junior é suspeito de ter feito mais de 50 vítimas. Com a prisão do médico, as vítimas procuraram a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Anápolis para registrar boletins de ocorrências e denunciar o ginecologista.

O suspeito possui licença médica ativa em Goiás, Paraná, Pará  e no Distrito Federal. A delegada responsável pelo caso, Isabella Joy, conseguiu, na Justiça, permissão para divulgar a foto do suspeito e, assim, tentar localizar outras possíveis vítimas por onde o médico passou.

A policial civil revelou que diversas mulheres procuraram a unidade policial para denunciar abusos durante as consultas com Nicodemos Junior. O nome da cidade onde o acusado trabalhou e fez vítimas no Pará, não foi divulgado, mas a tendência é que apareçam novas vítimas na Terra do Açaí.

Denúncias mostram a existência de mais 46 vítimas em Goiás e duas do Pará. O médico tem uma sentença penal condenatória, de 2019, por ter abusado sexualmente da vítima do DF, mas ele não foi preso. O processo segue em sigilo, mas agora deverá ser finalizado com a prisão do acusado.

No Paraná, uma mulher registrou ocorrência policial pelo mesmo crime, no entanto o caso foi arquivado. A defesa do ginecologista ainda não se pronunciou a respeito das acusações que pesam contra Nicodemos Junior. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!