Marabá
26°C
Scattered clouds

Marabá anuncia 100% de ocupação de leitos de UTI para covid-19

Realidade preocupante: Marabá não tem mais leitos de UTI para atender pacientes com covid-19 | Foto: Reprodução/Internet
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O boletim epidemiológico publicado nesta segunda-feira (25) pela Prefeitura de Marabá elenca um dado muito preocupante: o município atingiu 100% da taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 58% de leitos de enfermaria, exclusivos para covid-19.

O número de pessoas infectadas em tratamento domiciliar subiu para 173. A quantidade de mortes chegou a 258 desde o início da pandemia. A cada dia, o sistema público de saúde de Marabá emite sinais de colapso, embora o número de leitos de UTI tenha subido para 29.

Durante o fim de semana, dois pacientes morreram com a doença no município. Há reclamações de que o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), está querendo aparecer por cuidar de pacientes vindos do Amazonas, em detrimento do povo do Pará.

Marabá é uma cidade polo e muitos podem perecer por falta de uma UTI caso o poder público não seja efetivo. A exemplo de algumas regiões do interior do Pará, está na hora de reabrir o Hospital de Campanha no Centro de Convenções. Até mesmo a subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) já endereçou pedido nesse sentido ao governador, posto que a saúde vale mais que a política. (Pedro Souza)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!