Um homem cortou a cabeça de um filhote de cachorro durante um furto em Maringá, no noroeste do Paraná, e deixou a população revoltada com a atitude na madrugada de terça-feira (13), segundo o portal RIC Mais.

O crime aconteceu no Jardim Tóquio, em uma chácara na região da avenida Morangueira. No local, a ação do bandido é comum: ele entra na propriedade para furtar a horta de seu Pedro Nogueira, que não conteve a emoção e tristeza ao falar do companheiro perdido.

Diante de uma vida inocente perdida, o furto em si não pareceu preocupar seu Pedro, que em entrevista enfatiza que se alguém pedir por suas verduras, ele as divide. Após sofrer alguns furtos em sua horta, ele resolveu então investir em uma cerca na tentativa de “blindar” sua residência. Mas não adiantou.

Pouco tempo depois de fazer a instalação das cercas, tudo indica que o mesmo bandido entrou no local novamente e fez muita baderna. Pensando em outra solução, o homem resolveu colocar alguns cães para espantar o indivíduo, já que pelo menos dessa maneira ele escutaria latidos e se intimidaria com o alerta.

Desolado, dono do animal clama por justiça

Bandido tentou vender corpo do animal sem cabeça

Entretanto, para a surpresa de seu Pedro, um dos furtos acabou da pior forma possível: além da destruição da horta, o bandido cortou a cabeça de um filhote de cachorrinho, o favorito do proprietário do local.

Nesta quarta-feira (14), o RIC Mais recebeu a informação de que além do bandido cortar a cabeça do filhote, ele ainda tentou vender o corpo do animal como se fosse uma paca, um roedor de porte pequeno.

Conforme os moradores, o homem passou pela vizinhança oferecendo a carne do cão. Em seguida, o comerciante avisou o proprietário da horta, que confirmou que o corpo oferecido pelo indivíduo era do seu cachorro. Agora, a população cobra à polícia para que o bandido seja encontrado e preso.

Meio Norte