Homem mata criança de um ano a facadas em Parauapebas

"Nego" é acusado de matar a criança a facadas na zona rural em Parauapebas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um indivíduo conhecido como Emivaldo Costa, vulgo Nego, é acusado de matar, a golpes de faca, uma criança de um ano e seis meses de idade na noite desse domingo (4) no Assentamento Railândia, zona rural, distante 60 km de Parauapebas.

Segundo a polícia, a pequena vítima foi atingida com dois golpes de faca, não resistiu aos ferimentos e evoluiu a óbito no Hospital Municipal de Parauapebas. De acordo com um vizinho, Antonilson Moreira da Silva, pai do bebê, também foi ferido com uma facada. Segundo ele, Nego invadiu a casa, pegou o menor como refém, anunciou que o mataria e cumpriu a ameaça desferindo duas facadas nas costas da criança.

Nesse momento, o pai tentou salvar o filho, mas também foi ferido com um golpe de faca no peito. Emivaldo Costa também deu entrada no Hospital Municipal de Parauapebas, onde recebeu voz de prisão. Durante a busca pessoal, o suspeito deu a versão dele para a polícia, sobre os motivos que o levaram a cometer a barbaridade com um ser inocente.

Foto em vida da criança que foi morta de forma covarde com dois golpes de faca

Cobrança de dívida

Segundo a versão do assassino, ele foi à residência de Antonilson da Silva para cobrar uma dívida decorrente de um empréstimo pessoal. O acusado alegou, também, ter sido vítima, pois teria sido ferido com uma facada e disparo de arma de fogo, tipo cartucheira, muito comum na zona rural do Pará. A Delegacia de Homicídios da 20ª Seccional de Polícia Civil está investigando esse terrível assassinato de uma criança inocente em Parauapebas.

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!