Guarda Municipal foragido se entrega no interior do Pará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Foi preso na noite de ontem (22), em Castanhal, o guarda municipal Kaio Ítalo Melo de Andrade, o único ainda foragido dos 20 guardas municipais envolvidos em homicídio e presos na última terça-feira (20), por decisão judicial. Ele se entregou no Fórum de Castanhal, foi ouvido em audiência de custódia e já está na Delegacia de Homicídios, em Belém, onde foi ouvido em depoimento.

Segundo a Polícia Civil, o guarda ficará em sua sede até sua transferência para o presídio o Centro de Recuperação Coronel Anastácio das Neves (Crecan), no complexo de Santa Izabel do Pará, na Região Metropolitana de Belém. As prisões dos 19 guardas municipais, de Castanhal, foram feitas em cumprimento a ordem de prisão preventiva, durante a operação “Modelo”, no município. Nesse dia, Kaio Andrade não foi localizado pelas agentes.

Ele e outros 19 guardas municipais são investigados por envolvimento no assassinato do adolescente Mateus Souza da Silva, 17 anos. O crime ocorreu na 3ª rua do bairro da Jaderlândia, em 22 de abril de 2018. Entre os presos, está o atual inspetor geral da GM de Castanhal, Jose Marinaldo Luiz da Silva. Além dos mandados de prisão, foram cumpridos 35 mandados de busca e apreensão nas casas dos investigados também no último dia 20.

Nesses locais, foram apreendidas ainda três armas de fogo (dois revólveres 38 e uma pistola calibre .40); centenas de munições, duas granadas e um computador portátil. Além de Castanhal, os mandados judiciais foram cumpridos em Belém, Ananindeua, São Francisco do Pará, Igarapé-Açu, São Domingos do Capim e São Miguel do Guamá.

A ação policial mobilizou 140 policiais civis sob coordenação da Divisão de Homicídios (DH) e supervisão da Diretoria de Polícia Especializada (DPE), da Polícia Civil com atuação ainda de policiais civis vinculados à Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM) e Diretoria Estadual de Combate à Corrupção (DECOR).

O Liberal

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!