Marabá
27°C
Scattered clouds

Enteado de ex-lutador de Marabá é morto a tiros

Cícero foi executado com tiros na cabeça em ida a mercadinho | Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Durante a manhã de sábado (6), o enteado do ex-atleta de luta livre, conhecido como “Salles”, na década de 80, em Marabá, o enfermeiro Cícero Pinheiro Sampaio Lopes, de 51 anos, foi executado a tiros, no bairro Senador Hélio Campos, zona oeste de Boa Vista, no dia de seu aniversário, no estado de Roraima.

De acordo com testemunhas, a vítima se dirigia a um mercadinho para comprar verduras para fazer almoço, porém um atirador encostou a moto no automóvel onde Cícero Sampaio se encontrava e efetuou vários disparos de arma de fogo, causando a morte instantânea do profissional da área de saúde.

Pelo menos três tiros foram ouvidos por testemunhas. Dois disparos acertaram a cabeça do filho de Marabá. O Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi acionado, mas a vítima já se encontra sem os sinais vitais. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada para preservar o local de crime.

O Instituto de Medicina Legal (IML) foi chamado para remover o corpo e realizar o levantamento das primeiras investigações. O caso está sob a guarda da Delegacia Geral de Homicídio (DGH). O patriarca “Salles” já havia falecido e, em novembro de 2019, Flávio Sampaio, irmão de Cícero Sampaio, faleceu de um infarto fulminante. Na época, a Terra do do ferro e da castanha parava para assistir a luta de seu atleta mais famoso.

Matéria atualizada às 12h10, dia 15/4/2021.

(Pedro Souza/Debate Carajás)

Em dia de luta de “Salles”, Marabá parava para assistir

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!