Problemas causados por uma cirrose hepática tiraram a vida de um dos jogadores de mais conhecidos na cidade de Marabá, nas décadas de 80 e 90, José Ivaldo de Oliveira, de 54 anos, conhecido como “Miúdo”, teria falecido na sexta-feira (6), mas seu corpo só foi encontrado na tarde de ontem (9), na Cidade de Tocantinópolis, no estado do Tocantins. De acordo com familiares, há anos ele vinha lutando para se livrar da dependência química provocada pelo alcoolismo.

“Miúdo” foi o jogador de referência, por vários anos, na equipe do Estrela de Ouro, na época pertencente, ao lendário “Zé Maria”, e jogou também em vários outros time de futebol amador em Marabá como Novo Horizonte, “Branca Leone”, entre outros. Possuidor de um estilo marcador muito forte e habilidoso, “Miúdo” era disputado pelas melhores equipes de Marabá.

José Oliveira pertenceu a uma geração de grandes jogadores no futebol amador na Terra de Francisco Coelho. Naquela época, era praticamente impossível jovens de Marabá se tornarem jogador profissional. Desfilaram nos gramados da cidade craques como “Deca”, “Nego”, “Dijé”, “João Babaca”, “Fontes” e “Roraima”. “Miúdo” dividia as atenções dos torcedores, marcando ou jogando ao lados dos maiores nomes do futebol de Marabá.

Pedro Souza