Marabá
25°C
Overcast clouds

Confusão com ex-vereador de Marabá termina na delegacia

Dois filhos do ex-vereador Jhosy do Km 7 foram conduzidos à seccional de polícia na manhã desta terça-feira (1º)
Nesta foto, viaturas de DMTU e GMM na porta da casa de Jhosy das Galerias, no Km 7 | Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Na manhã desta terça-feira (1º), uma enorme confusão que teve como palco a residência do ex-vereador de Marabá José Oliveira de Carvalho, o Jhosy do Km 7, foi registrada na 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

De acordo com a polícia, Jhosy foi flagrado por uma viatura do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU) operando no transporte de passageiros com o próprio automóvel de maneira clandestina, sem autorização e registro no órgão municipal.

Jhosy, segundo relato policial, não obedeceu à ordem de parada do DMTU, fugindo em direção à residência dele, no Km 7. Nesse momento, os agentes de trânsito solicitaram apoio da Guarda Municipal de Marabá (GMM), que compareceu ao local minutos depois.

Nesse intervalo de tempo e durante a fuga, Jhosy teria colidido contra as viaturas do DMTU e da GMM, avariando o para-choque e o para-lama dos veículos. O ex-vereador conseguiu entrar na garagem de casa e, de lá, começou a xingar as autoridades.

Em seguida, o filho adolescente de Jhosy chegou a casa de moto fazendo uma manobra arriscada, conhecida popularmente como “rabo de arraia”. O DMTU autuou o adolescente em flagrante pela infração de trânsito, e a GMM o conduziu à seccional de polícia. Uma irmã do rapaz tentou impedir a condução e teria chegado a empurrar os servidores públicos.

O adolescente, durante o procedimento, teria ameaçado as autoridades de morte em meio a ofensas como “palhaços, ladrões e corruptos”, visivelmente contrariado com a ação de DMTU e GMM no imóvel da família.

O caso foi descrito pelos populares que acompanharam a ação como um “balaio de gatos”, mas foi registrado na seccional como desacato, um dos crimes praticados por particulares contra a administração em geral.

O Portal tentou contato com o celular do ex-vereador para ouvir a sua versão dos fatos, mas as ligações não se completaram. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!