Colisão frontal com carreta mata sargento Edson na madrugada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Policial estava na companhia de um amigo na Fiat Toro branca | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Durante a madrugada deste sábado (27), por volta de 3h, uma batida entre uma picape Fiat Toro e uma carreta matou o sargento da Polícia Militar Edson Rodrigues da Silva, 49 anos, na BR-155, entre a zona urbana de Marabá e a Vila Sororó, no sudeste do Pará. A colisão foi muito forte e o militar morreu ainda no local do acidente.

Sargento Edson era bastante conhecido em Marabá pelo seu trabalho firme e atuante. Há anos, ele comandava o destacamento da Polícia Militar na Vila Sororó. O militar era bastante querido na comunidade e muito temido pelos bandidos. Em janeiro de 2019, o graduado foi transferido, mas os moradores protestaram e o Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar desistiu da ideia da troca da guarnição.

Há cinco anos, Edson havia perdido uma filha, chamada Gisele, em outro acidente, ocorrido na Rua Cuiabá, Bairro da Paz. A jovem pilotava uma motocicleta e foi atingida por um caminhão baú que invadiu a preferencial. A vítima levou uma pancada na cabeça e morreu ainda no local do acidente.

Segundo as primeiras informações, no acidente da BR-155, ainda teria morrido uma pessoa conhecida como Denis. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para realização de procedimentos protocolares e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para prestar socorro as vítimas. A morte do sargento Edson provocou muita tristeza entre os colegas e amigos de farda. (Portal Debate Carajás)

O sargento Edson em vida

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!