Reprodução

Postado no YouTube, o vídeo de Sean Shaw que capturou o intenso duelo entre duas cobras venenosas, uma cobra marrom (Pseudechis porphyriacus) e uma grande cobra preta de barriga vermelha (Pseudonaja textilis). Embora o réptil menor esteja entre as cobras mais venenosas do mundo e possa ser fatal para os seres humanos, ela não era páreo para a enorme cobra de barriga vermelha, que até então não era considerada tão perigosa quanto seu futuro jantar.

“Após cerca de 20 minutos de luta, a cobra preta de barriga vermelha conseguiu engolir a cobra marrom”, disse Shaw, que anteriormente já trabalhou como apanhador de cobras. “Quando saímos”, acrescentou, “a cobra marrom estava quase engolida, mas a cobra de barriga vermelha parecia ter parado.”

Além de outros tipos de cobra e animais, como os sapos e pequenos roedores, a cobra preta de barriga vermelha também é amplamente conhecida por comer membros de sua própria espécie. Enquanto as cobras marrons geralmente preferem se alimentar de roedores.

O especialista em serpentes Chris Peberdy afirmou ao Daily Mail que, por mais que seja altamente letal para humanos, o veneno da cobra-marrom provavelmente teve muito pouco efeito em sua oponente. “A cobra negra evoluiu para desenvolver imunidade ao veneno de várias outras cobras australianas”, ele disse. “É uma característica única que faz com que seja capaz de ser predadora de muitos outros répteis”.

As cobras marrons são muito comuns no sul da Austrália, e os moradores são aconselhados a deixá-las em paz e não matá-las — não apenas para sua própria segurança, mas também porque as cobras são um animal protegido no estado australiano, e matá-las pode resultar em severas penalidades financeiras.

Meio Norte