Marabá
34°C
Clear sky

Casal morre após colocar churrasqueira dentro do quarto para proteger-se do frio

A suspeita é de que eles tenham sido asfixiados pela fumaça de uma churrasqueira.
Crédito: Reprodução

Na última quinta-feira, 19, um casal identificado como Edwin Luisi de Medeiros Silva de 40 anos e Silvana Vieira da Silva, de 39, foi encontrado mortos em Nova Ponte, Minas Gerais por uma das filhas do casal, de 14 anos. A suspeita é de que eles tenham sido asfixiados pela fumaça de uma churrasqueira.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a primeira suspeita era de que o casal havia realizado um churrasco na noite da quarta-feira, 18, e depois guardado a churrasqueira, ainda com brasas, dentro do quarto antes de dormir. O delegado Roberto Nazário explica que a churrasqueira foi colocada dentro do quarto como tentativa deles se protegerem do frio. Além disso, um recipiente com carvão também foi deixado no quarto dos filhos, a adolescente de 14 anos, e um menino, de 9.

A PM foi acionada por uma das filhas do casal. Aos militares, a adolescente afirmou que tentou acordar os pais diversas vezes, mas nenhum deles acordou. Por isso, ela ligou para a Polícia Militar. Os militares que atenderam o chamado encontraram o pai caído no chão e a mãe deitada na cama. Em seguida, acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que realizou técnicas de reanimação, sem sucesso. Os óbitos do casal foram confirmados ainda no local.

Suspeita de intoxicação

A ocorrência cita que no quarto do casal havia uma churrasqueira com brasas ainda acesas sobre uma mesa, e no quarto dos filhos foi encontrado um outro recipiente com brasas. A adolescente contou aos militares que os pais ingeriram bebida alcoólica na noite anterior, quando foi feito o churrasco, e foram para o quarto por volta das 23h. Ela conta que, por volta da meia-noite, os irmãos, que estavam acordados, ouviram um barulho parecido com alguém caindo. Pouco antes das 3h, a adolescente também foi chamada pelo irmão, dizendo que estava com fortes dores de cabeça. A garota conta que deu um remédio a ele e tentou chamar os pais através da porta do quarto. Como não houve resposta, ela saiu da casa e conseguiu abrir a janela pelo lado de fora, tentando acordá-los.

“No primeiro contato com o local, foi encontrada a churrasqueira no quarto do casal. As informações que recebemos é que acenderam ela para tentar se aquecer no frio. Eles também colocaram uma bandeja com carvão dentro do quarto das crianças. A criança de 9 anos passou mal e teve dor de cabeça. A menina de 14 anos o atendeu, dando remédio e tentou bater na porta para acordar os pais para informar que o irmão não estava se sentindo bem. Como os pais permaneceram em silêncio, ela achou estranho”

Delegado Roberto Nazário.

De acordo com a PM, a adolescente relatou que os pais acenderam carvão e mantiveram as janelas e portas fechadas na tentativa de amenizar o frio. A outra filha do casal, de 21 anos, que não mora na residência, foi informada sobre a morte dos pais em seguida.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Araxá (IML). A adolescente e a criança foram levadas para o Hospital Municipal para atendimento médico.

De acordo com Roberto Nazário, a Polícia Civil realizou perícia no local e a hipótese trabalhava pelos investigadores é que o casal tenha morrido asfixiado por inalação de dióxido de carbono: “A ideia é esgotar todas as possibilidade investigativas para confirmar ou não essa fatalidade. Inicialmente, estamos tratando o caso como acidente e por isso não há suspeito, mas o inquérito esgotará todas as possibilidades”, concluiu o delegado. (Com informações do Portal Tailândia e  G1)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!