Brasil engrena após VAR, faz três no 2º tempo e vence Bolívia em estreia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Foto: Reprodução

O Brasil demorou a engrenar, mas conseguiu vencer a Bolívia por 3 a 0 hoje, na abertura da Copa América, no Estádio do Morumbi. Depois de um primeiro tempo que terminou em vaias, os donos da casa conseguiram abrir o placar com um pênalti marcado pelo VAR e logo ampliaram a vantagem, em ambas as ocasiões com Philippe Coutinho. Everton completou o triunfo perto do apito final.

Apesar da vitória, a partida não deixou o torcedor empolgado. Embora não tenha corrido riscos, a seleção não teve um meio-campo efetivo, contou com poucas arrancadas de David Neres e viu um Richarlison mais discreto do que nos últimos dois amistosos. O setor ofensivo melhorou com as entradas de Gabriel Jesus e Éverton – o segundo brilhou nos minutos finais.

Com três pontos, o Brasil vai para a próxima rodada encarar a Venezuela, em Salvador. O jogo está marcado para terça-feira, dia 18, às 21h30. No mesmo dia, mas às 18h30, a Bolívia duela com o Peru no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 3 x 0 BOLÍVIA

Copa América – 1ª rodada 
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Auxiliares: Hernán Maidana e Juan Belatti (ambos da Argentina)
VAR: Patricio Loustau, auxiliado por Fernando Rapallini e Ezequiel Brailovsky, e observados por Pablo Silva (todos da Argentina)
Cartões amarelos: Saucedo (Bolívia); Philippe Coutinho (Brasil)
Público e renda: 46.342 pagantes e 47.260 presentes e R$ 22.476.630,00
Gols: Philippe Coutinho aos 5 minutos e aos 7 do 2º tempo; Éverton aos 39 do 2º

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Fernandinho e Philippe Coutinho; David Neres (Éverton), Richarlison (Willian) e Roberto Firmino (Gabriel Jesus). Técnico: Tite.

Bolívia: Lampe, Diego Bejarano, Haquin, Jusino e Marvin Bejarano; Justiniano, Saucedo (Wayar), Castro (Ramiro Vaca) e Saavedra (Vaca); Chumacero e Marcelo Moreno. Técnico: Eduardo Villegas

UOL

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!