Um homem e uma mulher foram mantidos reféns por três bandidos na noite dessa terça-feira (14) em Belém. O crime iniciou na Travessa Rui Barbosa, esquina com a Rua Manoel Barata, no bairro do Reduto, quando os três invadiram um carro, modelo Ônix, de cor prata. O dono do veículo é motorista de aplicativo de mobilidade urbana e tinha acabado de deixar um passageiro.

De acordo com a vítima, em depoimento na Seccional Urbana de São Brás, os três o fizeram rodar pela cidade para realizar assaltos durante quase uma hora. “Eles chegaram dizendo que queriam meu celular e dinheiro e que eu desse cobertura nos assaltos com eles. Depois desse tempo, eles abordaram uma moça em um outro veículo e seguiram com ela”, contou a vítima que preferiu não se identificar.

A outra vítima, foi abordada na saída de sua residência, na Travessa Bonjardim, próximo à Rua Cesário Alvim, no bairro do Jurunas. Ela saia de casa quando os bandidos também invadiram seu veículo e a mantiveram refém.

Novamente os três rodaram com a próxima vítima, até serem interceptados na Avenida Mundurucus, esquina com a Avenida Alcindo Cacela na Cremação. O motorista de aplicativos, vítima minutos antes, voltou a residência onde os bandidos pegaram a jovem para avisar sua família. “Quando eles me deixaram e pegaram ela, gravei onde ficava a casa, fugi e depois voltei para avisar”, detalhou o motorista.

Após 40 minutos de negociação, os policiais militares que atenderam a ocorrência conseguiram a liberação da refém. Dois foram presos, entre eles um menor de 17 anos. O outro, Joel Felipe Brandão Pereira, de 19 anos, foi preso. Ele já tinha passagem pela polícia por roubo e havia saído há duas semanas da prisão. Em depoimento, ele afirmou que cometeu o crime por “necessidade”. Agora ele deve responder por roubo e também, por corrupção de menor.

O Liberal