Marabá
29°C
Overcast clouds

Aulas presenciais não serão retomadas em agosto na Região do Lago de Tucuruí

Cenário da pandemia, falta de vacinação de servidores, alunos e estrutura das escolas determinaram o adiamento do retorno das aulas presenciais.
Reunião de prefeitos e secretários de educação - Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Durante uma reunião realizada nesta segunda-feira (27), prefeitos e secretários de educação das cidades que formam o Consórcio dos Municípios Alagados pelo Rio Tocantins (Compart) decidiram pelo não retorno das as aulas presencias no mês de agosto de 2021.

A decisão baseou-se no cenário pandêmico, pois os números da covid-19 ainda se encontram bastante elevados na Região do Lago de Tucuruí. Fatores como falta de adequação da estrutura das escolas e o transporte escolar impróprio ajudaram a manter as aulas presenciais suspensas.

De acordo com os participantes da reunião, a falta de imunização completa de servidores da educação e a ausência de vacinas para os alunos das redes municipais não garantem o retorno seguro das aulas presenciais.

Os prefeitos e secretários da Região do Lago de Tucuruí afirmaram que o retorno das aulas presenciais só poderá ser garantido com 100% de servidores e estudantes vacinados, sob pena de se ter o agravamento da pandemia da covid-19. A decisão agradou à maioria dos educadores, pois a maioria não tomou nem a 1º dose da vacina. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!