Marabá
25°C
Overcast clouds

Votação de deputados aprova reforma da Previdência em 2º turno

A sessão na Câmara avançou pela madrugada, e a votação ocorreu após parlamentares rejeitarem todos os destaques individuais (foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A Câmara dos Deputados aprovou, por 370 a 124, o texto-base da reforma da Previdência em segundo turno. A proposta é a mesma chancelada pelos deputados em julho, do relator Samuel Moreira (PSDB-SP), por 379 votos contra 131. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marcou para as 9h desta quarta-feira (7) uma sessão para apreciação dos destaques apresentados pelos partidos — sete de oposição e um governista. As emendas serão supressivas, ou seja, para retirar itens do texto e não para acrescentar. A votação do texto-base foi concluída no início da madrugada, após muitos debates, obstruções e a rejeição, por 304 votos a 9, de todos os destaques individuais.

Mais cedo, o secretário da Previdência, Rogério Marinho, disse que o governo se comprometeu a enviar, após a aprovação da reforma da Previdência, um projeto de lei ratificando a regra que garante pensão de um salário mínimo para quem tem renda formal menor do que o piso. Essa garantia foi incluída, ontem, em portaria assinada por Marinho durante reunião com a bancada evangélica.

Correio Braziliense

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!