Um idoso de 75 anos foi preso, ontem (3), acusado de abusar sexualmente de uma criança de oito anos. A polícia acredita que outras crianças tenham sido vítimas do homem. Emanuel de Jesus Albuquerque de Souza atraía as crianças para a casa dele, em Marituba, com a promessa de jogar videogame e dar dinheiro e lanches. No local, ele submetia as vítimas a atos sexuais. 

A prisão foi feita por policiais civis da Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data) e Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), de Ananindeua, em cumprimento a mandado de prisão preventiva. O crime ocorreu no bairro do Mirizal, localizado no município de Marituba, que faz parte da Grande Belém. A prisão é resultado de investigações iniciadas pela investigadora Ionilde Azevedo, chefe de operações da Data de Ananindeua.

Durante escuta especializada, realizada por assistentes sociais e psicólogos, a criança confirmou a prática de abuso sexual e disse que outros coleguinhas também foram vítimas das mesmas práticas criminosas cometidas pelo acusado.

Segundo a delegada Joseangela Santos, diretora da Data, o acusado ficava sempre em uma praça, próximo a um campo de futebol, onde as crianças costumavam brincar. Desta forma, ele atraía as vítimas para a residência dele, mediante várias promessas.

A julgar pelo depoimento da vítima, destaca a delegada, existem outras crianças que foram abusadas pelo acusado. O mandado de prisão preventiva de Emanuel de Jesus Albuquerque de Souza foi decretado polo juiz Daniel Bezerra Girão, da Comarca de Marituba. O preso permanece recolhido à disposição da Justiça.

O Liberal