Marabá
33°C
Overcast clouds

Corpo só de cueca é encontrado boiando com garrafa no Rio Itacaiunas

Achado macabro no Rio Itacaiunas levantou especulações de moradores da Vila São José. Equipe do IML foi acionada para a remoção | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um corpo masculino branco vestido apenas com uma cueca preta e com um pano enrolado na cabeça, ao lado de uma garrafa de refrigerante, foi encontrado boiando às margens do Rio Itacaiunas, à altura da Vila São José (Km 8 da BR-230), em Marabá, no sudeste do Pará, na manhã desta quinta-feira (15).

Pela proximidade do local do achado, é possível que o cadáver seja de Edilson Pereira de Sousa, desaparecido desde terça-feira (13) após ter os documentos localizados pela Polícia Militar dentro de um Jeep Renegade 1.8 preto.

No interior do veículo, que foi encontrado próximo a uma fábrica de postes na Estrada do Lixão, no Km 8, havia muito sangue, uma faca, vestígios de tentativa de incêndio e diversos cheques que, somados, ultrapassavam os R$ 600 mil.

Cadáver pode ser de Edilson Pereira de Sousa, o dono dos documentos localizados no Jeep

Segundo informações, o homem seria joalheiro e residiria no município de Parauapebas. Em contato com repórter do Portal Debate Carajás, o delegado Vinícius Cardoso das Neves, diretor da 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil, informou que a perícia científica deve em breve confirmar a identificação da vítima.

O corpo continua no local, na posição decúbito ventral (de bruços), mas uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) já foi acionada para a remoção. Esta matéria foi atualizada pela última vez às 10h10 de 15 de abril de 2021, para acréscimo de telefonema com o delegado. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!