Marabá
31°C
Clear sky

Três são presos por morte de policial federal no sudeste do Pará

Eles são suspeitos da morte do policial federal Ramon Santos Costa, de 33 anos, que estava em um ônibus intermunicipal que foi assaltado entre Jacundá e Goianésia do Pará
Elson, Edson e Eliseu foram presos neste domingo pela morte do agente federal Ramon Costa | Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

MARABÁ, SUDESTE DO PARÁ — Edson Domingos Passos, Eliseu Mendes Brandão e Elson Santos Albuquerque foram presos neste domingo (10) suspeitos da morte do policial federal Ramon Santos Costa, de 33 anos, que estava em um ônibus intermunicipal que foi assaltado entre Jacundá e Goianésia do Pará.

As prisões ocorreram menos de um dia após o crime e são fruto de uma ação integrada envolvendo mais de 80 membros das polícias Federal, Civil e Militar, que atuaram com equipes de inteligência em cidades do sudeste paraense. Houve formação de barreiras na entrada de municípios da região.

Edson Domingos Passos estava em uma van que chegava a Tucuruí, vindo da direção de Jacundá, e foi o primeiro dos três criminosos presos pelo envolvimento na morte do agente federal. Esta prisão ocorreu durante a tarde de ontem.

Momentos depois, ainda durante a tarde, os policiais prenderam Eliseu Mendes Brandão, que estava ferido e internado no Hospital Regional de Tucuruí. Ele foi ferido no confronto com o agente da Polícia Federal, que possuía direito de portar arma em todo o território nacional.

À noite, foi a vez de Elson Santos Albuquerque, mais conhecido como “Amarelinho”, ser preso. Ele foi capturado também dentro de uma van, que chegava a Parauapebas. O homem foi preso após levantamento de inteligência realizado pelas autoridades de Marabá.

Saiba mais

A vítima, Ramon Santos Costa, tinha apenas 33 anos. Baiano, ele ingressou na PF em 2012 e era lotado no Grupo de Polícia Marítima da Superintendência do Pará.

O agente da PF foi morto durante um assalto a um ônibus intermunicipal da empresa Real Maia na madrugada deste domingo (10), na rodovia estadual PA-150, nas proximidades do município de Goianésia do Pará.

A polícia não informou se mais algum passageiro precisou de atendimento médico, o que foi roubado e outros detalhes sobre o assalto. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!