Marabá
26°C
Overcast clouds

Tribunal de Justiça realiza campanha contra a violência doméstica

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA) realiza a partir desta segunda-feira (25), 15ª edição da campanha nacional Justiça Pela Paz em Casa no combate contra a violência doméstica e familiar de mulheres no Brasil. Além de força-tarefa para dar andamento a processos que se enquadram na Lei Maria da Penha, haverá vasta programação educativa sobre violência de gênero destinada a diferentes públicos da sociedade. A programação do TJPA também integra a Campanha Estadual dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres do estado do Pará.

Até sexta-feira, 29, unidades judiciárias de Comarcas de todo o Estado que tenham competência para processar e julgar os feitos de violência doméstica e familiar contra a mulher e feminicídio realizarão julgamentos, despachos, audiências, expedição de medidas protetivas, prolação de sentenças e baixas processuais. A força-tarefa visa aprimorar e tornar mais célere e eficiente a prestação jurisdicional em processos deste segmento. A ação também atende a Meta 8 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que orienta a Justiça Estadual a priorizar o julgamento dos processos relacionados ao feminicídio e à violência doméstica e familiar contra as mulheres.

Dentro da programação, uma exposição retrata a violência contra a mulher — Foto: Reprodução/TJ-PA

Exposição

Dentro da programação, nesta segunda-feira (25) também será aberta a exposição “Olhares sobre a mulher”, em um shopping localizado na travessa Padre Eutíquio que permanece até o dia 30 de novembro. A exposição traz obras de pinturas e fotografias dos artistas Petchó Silveira e Isabella Dias e retratam a realidade de brasileiras que enfrentam dilemas relacionados ao machismo e à violência de gênero.

Entre as mulheres fotografadas pela artista estão grandes amigas, colegas e até pessoas que Isabella não conhecia, mas que passou a ter amizade depois da sessão de fotos. “Todas com energias e histórias inspiradoras. Quero mostrar o poder de resistência e resiliência que as mulheres possuem dentro de si, e a importância de as exaltar e admirar sempre”.

G1 Pará

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!