O
Processo Eleitoral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública no Pará
(SINTEPP) acontece nos dias 12 e 13 de junho de 2018, em todo o estado. Serão
dois dias para a escolha da nova diretoria do SINTEPP Estadual. A seleção da
nova coordenação da entidade sindical acontece no meio de uma greve que já
beira 50 dias de paralisação, pelo fato do governo do Pará se negar a cumprir a
decisão do Tribunal de Justiça, reconhecendo a falta de pagamento do reajuste
do Piso Salarial do Magistério desde 2016, por parte de Simão Jatene. Ao todo,
4 chapas concorrem à eleição do maior sindicato do Norte do Brasil, em todas as unidades escolares do estado paraense.
 
Em
Marabá, a Subsede do SINTEPP iniciou um processo de enfrentamento ao governo
Sebastião Miranda, através de “declaração de estado de greve” e realização de
um “ato público”, na frente da Secretaria de Obras do município, dia 8/6/2018. Durante
o período de votação, 12 urnas estarão à disposição dos filiados na cidade,
sendo 10 “locais de votação volante” (as urnas serão deslocadas até às escolas)
e duas urnas fixas, uma na Sede Social do Sindicato e outra na Secretaria
Municipal de Educação (Semed). O SINTEPP Estadual convida seus filiados para o
exercício da democracia, em uma das categorias mais importantes do serviço
público.