Uma briga envolvendo um torcedor paraense e
Coronel Antônio Carlos Nunes de Lima, também paraense e que preside a
Confederação Brasileira de Futebol (CBF), acabou em hospital. Em um restaurante
na cidade de São Petersburgo, na Rússia, Alexandre Nazareno teve um copo
quebrado contra a sua cabeça por um assessor de Nunes. O torcedor teria
hostilizado Nunes na frente de seus familiares, quando a confusão iniciou. O
agressor, identificado como “Giba”, quebrou um copo na cabeça da vítima, que
precisou receber cuidados no local antes de ser levado para o hospital.
O incidente aconteceu na
madrugada de sexta-feira. Giba foi funcionário da Federação Paulista de Futebol
quando a entidade era presidida por Marco Polo Del Nero, hoje banido do futebol
pela Fifa.
 
Não é a primeira polêmica envolvendo o ex-presidente da Federação
Paraense de Futebol
(FPF) na
Rússia. Antes, Coronel Nunes já havia ficado em maus lençóis após votar no
Marrocos como sede da Copa de 2026, quebrando o acordo da Conmebol, que havia
decidido votar na América do Norte (EUA, Canadá e México).
Nunes jantava com familiares e
assessores quando foi chamado de “safado” e “vagabundo” por
Nazareno. De acordo com pessoas que presenciaram a confusão, o torcedor ainda
teria dado um tapa nas costas do dirigente, além de um soco em um assessor de
nome Gilberto. Este teria reagido e atingido a cabeça do torcedor com um copo.
A CBF ainda não se pronunciou sobre o episódio. O atual
mandatário da CBF ficará no cargo até ao final do ano de 2018, quando será substituído
por Rogério Caboclo, eleito novo presidente da entidade até 2022.
Fonte: Texto com informações do Diário On Line