Marabá
25°C
Scattered clouds

Tião pede retirada de projeto polêmico sobre mudanças na Nova Marabá

A decisão do prefeito já vinha sendo anunciada nos últimos dias, mas só foi oficializada na manhã desta quarta-feira (19), durante a sessão remota da Câmara Municipal. Iniciativa do Poder Executivo foi rechaçada pelos moradores. Não faltaram memes para o projeto de lei nas redes sociais, terreno fértil para novas sugestões de nomes (alguns bem curiosos)
Projeto com nomes de frutas e pássaros para bairros e ruas da Nova Marabá foi cancelado pelo prefeito Tião Miranda | Foto: Divulgação/Sicom
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Os moradores da Nova Marabá estão radiantes nesta quarta-feira (19) com a notícia de que o prefeito Tião Miranda (PSD) resolveu retirar da pauta do Legislativo Municipal o polêmico projeto de alteração da nomenclatura do núcleo histórico.

Tião enviou oficio à Câmara, lido na sessão de hoje, solicitando a retirada em definitivo do Projeto de Lei nº 42/2020, de autoria do Poder Executivo Municipal, que denomina e altera nomes de vias urbanas localizadas no Núcleo Nova Marabá, com a junção das folhas e renomeação dos bairros com nomes de frutas, e alteração dos nomes das vias urbanas com o uso de pássaros da América do Sul.

O projeto ganhou grande destaque e causou polêmica junto à população, visto que mexia com a história e cultura da cidade. A Câmara, por intermédio da Comissão de Administração, Serviços, Segurança Pública e Seguridade Social, realizou uma live, com a participação do secretário de Mineração, Indústria e Comércio de Marabá, Ricardo Pugliese, e um representante da sociedade civil organizada, para debater e expor o assunto ao grande público, para que tomasse conhecimento do que tratava o projeto.

Depois disso, o Poder Legislativo de Marabá deu início a uma Consulta Pública para que a população pudesse opinar e dar sugestões sobre o projeto.

Alguns vereadores se posicionaram sobre o assunto durante a sessão. O vereador Coronel Araújo (MDB) parabenizou o prefeito pela retirada do projeto, pois diante da polêmica, era necessário ouvir o clamor da população.

O vereador Ilker Moraes Ferreira (MDB), relator do projeto, destacou que a sociedade demonstrou que não queria que houvesse a mudança no nome das ruas e das Folhas do Núcleo Nova Marabá. “Estamos cumprindo o nosso papel, que é o de ouvir a sociedade. Muitos projetos são pensados por pessoas que não conhecem a realidade e o interesse da comunidade. Esse projeto fere a nossa cultura e identidade enquanto moradores da cidade”, lamentou.

Por fim, o vereador ainda colocou que mesmo com a retirada em definitivo do projeto, a Consulta Pública continuará no ar, porque precisa dar uma resposta à sociedade, e para que a administração municipal entenda qual a opinião e posicionamento da população.

O presidente da Câmara, vereador Pedro Corrêa Lima (DEM), salientou que ele e a vereadora Vanda Américo (Cidadania) estiveram na última sexta-feira (14) em reunião com o prefeito para falar sobre o sentimento dos vereadores e da população em relação ao projeto. De acordo com o presidente da Câmara, foi aí que o gestor acionou o procurador-geral do município solicitando a retirada do projeto.

Para o vereador Pedrinho, a consulta popular realizada pelo Poder Legislativo tem sido de fundamental importância porque através dela se passou a ouvir de fato as pessoas e perceber o que elas não queriam a mudança. “A consulta continuará para subsidiar o Executivo, através de informações e dizer o que a população pensa sore o tema”.

A Consulta Pública já contou com a participação de 2.357 pessoas e segue no site da Câmara para a participação popular até o dia 3 de junho. (Com Câmara Municipal de Marabá)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!