Marabá
23°C
Scattered clouds

‘Tia Coló’ morre em Marabá

"Tia Coló" faleceu na madrugada de hoje
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

No início da manhã de hoje (9), faleceu uma das mulheres mais conhecidas, em Marabá, no sudeste do Pará, Clotilde Marques da Silva, conhecida como “Tia Coló”, de 83 anos, era a vendedora de caldos mais antiga da cidade. Durante décadas, o ‘Bar da Tia Coló‘ era a principal referência para ‘se curar a ressaca’ nas madrugadas, no bairro ‘Velha Marabá’.

“Tia Coló” fazia parte de um seleto grupo, formado pelos moradores mais antigos da Avenida Antônio Maia. Nas redes sociais, a neta, Livia Dolores Marques Costa, se despediu da idosa, utilizando-se de palavras carinhosas, exaltando a pessoa e a história da ‘Vó Coló Marques’.

Livia Marques se despediu da avó pelas redes sociais

De acordo com familiares, “Tia Coló” começou a sentir dores no corpo, durante o domingo (2), na terça-feira (5) passou a sentir febre, foi internada ontem (8), mas por volta de 5 horas da manhã de hoje não suportou a piora em seu quadro clínico e foi a óbito.

Não existe confirmação se a morte foi provocada pela Covid-19 ou se ela morreu em decorrência de outras enfermidades. Nos últimos dias, Marabá vem perdendo ilustres integrantes da chamada ‘velha guarda’ e com eles um pouco de nossa história está indo embora.

Debate Carajás

 

 

 

 

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!