Marabá
35°C
Clear sky

Serial killer de homens gays é preso em pensão, diz polícia

Segundo a polícia, acusado de 32 anos ganhava a confiança das vítimas para frequentar as residências
José Tiago Correia Soroka, de 32 anos, ganhava a confiança das vítimas para ingressar nos imóveis | Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um homem foi preso acusado de cometer crimes em séries contra homossexuais. José Tiago Correia Soroka, de 32 anos, ganhava a confiança das vítimas para frequentar a casa das mesmas, em Santa Catarina e Paraná.

Um homem foi preso acusado de cometer crimes em séries contra homossexuais. José Tiago Correia Soroka, de 32 anos, ganhava a confiança das vítimas para frequentar a casa das mesmas, em Santa Catarina e Paraná.

Segundo a polícia, José trocava mensagens e fotos com alvos, a partir de aplicativo de namoro. Os assassinatos aconteciam nos próprios imóveis das vítimas, que também eram roubados.

“Perante a sociedade, [ele é] um indivíduo carismático, educado e gentil, porém se transformava em violento quando ingressava no apartamento das vítimas”, detalhou o delegado encarregado pela investigação.

Ao todo, foram quatro crimes em Curitiba (PR) e um em Abelardo Luz (SC). (O Liberal)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!