Marabá
26°C
Overcast clouds

STF decide que homossexuais podem doar sangue

Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Dia histórico! Nesta sexta-feira (1°), por 5×1, o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) formou a maioria simples para derrubar a determinação que considera homens homossexuais inaptos para a doação de sangue pelo período de 12 meses a partir da última relação sexual.

Segundo o advogado Paulo Iotti, responsável pela ação ingressada na justiça pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), é um “dia de vitória histórico”. 

“Já estava 4 x 1 para derrubar a discriminação. E nesta sexta, o ministro Gilmar Mendes acompanhou a maioria provisória e se formou o 5x 1. Demais ministros e ministra têm sete dias para votar no plenário virtual. Agora, estimo pelo menos 8×3 , eventualmente 9×2. Mais uma vitória histórica à vista”, destacou o advogado, em entrevista ao Correio 24 Horas.

Diário do Pará

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!