Marabá
29°C
Overcast clouds

Anvisa tem página hackeada com bandeira da Argentina

A ação foi considerada pela agência uma retaliação à suspensão da partida entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa, no domingo
Foto: Reprodução/Anvisa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A interrupção do jogo pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, no último domingo (5), entre Brasil e Argentina, continua rendendo. Agentes da Anvisa entraram em campo para ordenar a retirada de quatro atletas argentinos que não teriam cumprido normas sanitárias de quarentena ao entrarem no Brasil.

Uma página do site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária Anvisa) que consta o formulário Declaração de Saúde do Viajante (DSV), de preenchimento obrigatório para as pessoas que pretendem entrar no Brasil, foi hackeado nesta quarta-feira (8).

O formulário é de preenchimento obrigatório para todos, brasileiros ou não, que pretendem ingressar no país. Nele, os viajantes respondem perguntas relacionadas à saúde.

Ao clicar na página (formulario.anvisa.gov.br), aparece uma bandeira da Argentina com a seguinte frase: “não ficamos de quarenta (sic) para passear pelos seus servidores. vamos ser expulsos também?”.

O incidente poder ser associado à decisão da Anvisa no jogo entre a seleção brasileira e argentina. O duelo foi interrompido aos 6 minutos do primeiro tempo.

À reportagem, a Anvisa afirma que irá acionar a Polícia Federal. “Diante dessa ação criminosa a Anvisa está acionando de imediato a Polícia Federal e adotando medidas técnicas para buscar a recomposição do sistema”. (Com Folhapress)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!