Marabá
26°C
Overcast clouds

Show com fenômenos da pisadinha agita multidão em Marabá

Portal Debate Carajás conversou com exclusividade com Tarcísio do Acordeon, Wagner Dinniz e Os Barões da Pisadinha
Cantor Wagner Dinniz durante apresentação a plateia lotada na madrugada de ontem (10) | Foto: Portal Debate Carajás
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

MARABÁ, SUDESTE DO PARÁ — Com o avanço da vacinação em Marabá, aberta atualmente aos adolescentes com mais de 12 anos, e os recentes decretos que diminuíram as restrições de horário e liberaram festas e eventos, a vida noturna da cidade começa a ficar agitada novamente.

Prova disso foi o show de Tarcísio do Acordeon, Wagner Dinniz e Os Barões da Pisadinha na madrugada deste domingo (10), no Parque de Exposições José Francisco Diamantino. Os artistas nacionais que são fenômeno do ritmo pisadinha cantaram para uma plateia lotada em Marabá.

Ao Portal Debate Carajás, o cantor Tarcísio do Acordeon revelou ansiedade antes do início do show e aplaudiu os colegas Wagner Dinniz e Os Barões da Pisadinha, dizendo ser uma honra dividir o palco com os artistas.

Repórter Vinícius Soares e cantor Tarcísio do Acordeon, em pose para foto

Wagner Dinniz agitou a multidão presente ao show no início da madrugada, enquanto a equipe técnica e de produção de Os Barões da Pisadinha já se organizava no palco. Após o show, o artista comemorou o sucesso e, ao Debate, adiantou que novos trabalhos podem ser esperados pelo público.

Rodrigo e Felipe Barão, que formam Os Barões da Pisadinha, posaram para foto com os fãs ao fim do show, que durou duas horas. Ao repórter do portal de notícias, o vocalista Rodrigo Barão afirmou a emoção de estar em Marabá e definiu com uma palavra a oportunidade de cantar na cidade: “Espetacular”.

Perguntado pelo repórter se o nome da banda poderia ser também “Os Barões da Igualzinha”, por conta das músicas que começam todas iguais, Felipe Barão, tecladista do duo baiano, sorriu e respondeu que o sucesso exige uma identidade.

O show foi promovido pela Cia. Italo Todde e pelo Flávio Shows, com apresentação do radialista Leverson Oliveira. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!