Marabá
31°C
Clear sky

Servidor público assassinado enquanto dormia na Liberdade

Samuca morto na rede em foto reproduzida nas redes sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O servidor público Samuel Silva Leite, de 46 anos, mais conhecido como “Samuca”, foi assassinado a facadas enquanto dormia durante a madrugada de sábado (6), na Rua 1, Conjunto Itacaiunas, Bairro Liberdade, em Marabá.

Segundo um irmão da vítima, a arma branca utilizada para matar Samuca era tão grande que entrou no tórax, saiu nas costas e ainda perfurou a rede. O corpo só foi encontrado por volta das 20h20 e já apresentava rigidez cadavérica. “Pura maldade o que fizeram com meu irmão”, lamenta.

Samuel Leite foi criado na Rua Antônio Vilhena, Bairro Laranjeiras. Ele estava afastado do serviço público há muito tempo, pois apresentava transtornos mentais e era dependente químico. O assassino ainda não foi identificado. A Polícia Militar foi acionada para preservar o local de crime e uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local para remover o corpo.

A pessoa que souber do paradeiro do algoz de Samuel Leite deverá fazer a denúncia anônima para a central de atendimento do Disque-Denúncia, por meio do telefone (94) 3312-3350, ou pelo aplicativo Disque-Denúncia Sudeste do Pará, disponível para iOS e Android.

Fonte: Portal Debate Carajás

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!