Durante uma fiscalização nesta sexta-feira (11), a Receita Federal apreendeu quase uma tonelada e meia de cocaína que se encontrava em contêiner no porto de Vila do Conde, distrito de Barcarena.

A droga foi descoberta em meio de cerca de vinte toneladas de argamassa, utilizada para camuflar o entorpecente. Após a verificação de que se tratava de droga ilícita, a Polícia Federal foi acionada para tomar as providências de polícia judiciária e dar apoio à operação.

A ação foi feita pela Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da 2ª Região Fiscal. Segundo a Receita Federal, a substância ilícita foi achada em um dos quatros contêineres que tinham como destino a cidade de Amsterdã, capital da Holanda, na Europa. Depois de horas de averiguação, às 15h45, a fiscalização havia contabilizado o total de 1,462 quilos de droga no contêiner.

A Polícia Federal informou que será instaurado o devido inquérito policial para apurar a origem da droga, bem como identificar o proprietário. Ainda segundo a PF, esta é a maior apreensão de drogas ilícitas no ano no Estado.

Em julho, a Polícia Federal apreendeu 583 quilos de cocaína e aproximadamente 200 gramas de skunk, também conhecida como “supermaconha”, em Itaituba no sudoeste do Pará. A droga havia acabado de pousar de um avião de pequeno porte em uma propriedade rural.

O Liberal