Mais de 280 mil estudantes foram
submetidos, neste domingo (11), ao segundo dia de prova do Exame Nacional do
Ensino Médio (Enem), realizada em 75 municípios paraenses. Para muitos as
questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas
Tecnologias estavam difíceis. “Foi uma prova trabalhosa, mas eu estudei e
espero ser aprovado”, declarou John Lucas Piedade, 19 anos, que prestou o
exame na Escola Estadual Jarbas Passarinho, no bairro do Marco. O estudante
busca uma vaga no curso de Educação Física.
Assim como no
último dia 4, a prova deste domingo mobilizou muitos pais. A professora Marcela
Aleixo, 38 anos, acompanhou a filha Cássia, 17 anos, até a entrada da Escola
Jarbas Passarinho. “Moramos no bairro do Curió-Utinga e chegamos aqui umas
10 horas. Deixamos ela aqui e voltamos por volta das 16 horas, para aguardar a
saída da Cássia”, contou a mãe. “Espero que ela consiga passar pra
gente comemorar essa vitória. Mas, também, se não der, já disse a ela que não
precisa ficar triste. No ano que vem ela tenta de novo. O que não pode é
desistir”, assinalou o pai, Ronaldo Pinheiro. 
Foco na aprovação
Grávida de cinco
meses, Taylla Larine Muniz, 23 anos, tenta uma vaga no curso de Medicina.
“Acho que fiz uma boa prova. Eu me preparei bem e, na minha opinião o
exame foi bem tranquilo”, destacou a jovem, que fez a prova no Colégio São
Paulo, localizado na avenida Antônio Baena.

Já no Colégio
Gentil Bittencourt, dezenas de candidatos se concentraram nas escadarias e no
hall de entrada da instituição para trocar impressões sobre a prova. “Eu
fui melhor que na primeira avaliação, embora essa de hoje não tenha sido
difícil. Mas espero passar”, contou Auriele Macedo, 20 anos, que pretende
cursar Ciências Contábeis.

Concentração de
candidatos também na calçada em frente à Fapan/Sistema de Ensino Universo,
situado na rua dos Mundurucus. Fernanda Chermont, 17 anos, busca uma boa nota
no Enem para poder ingressar no curso de Engenharia Florestal. “Foi mais
difícil que a prova do domingo passado. Mas estudei um bocado e espero ser
aprovada”, declarou.
A mesma cena se
repetiu em frente ao Colégio Marista, na avenida Nazaré, onde Camila Leão, 18
anos, buscava pontuação para ingressar na faculdade de Medicina. “A parte
de Matemática foi muito boa, mas a de Ciências da Natureza tinha muitos
detalhes, o que dificultou um pouco a resolução da questões. Mas estou
confiante em obter uma boa nota”, disse. Já Débora Michele Matos, 20 anos,
não escondeu a dificuldade: “A prova foi ‘puxada’. Levei três horas pra
conseguir resolver as questões. Agora é esperar pelo resultado.”
O Instituto
Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informa que
o gabarito oficial do Enem 2018 será divulgado até 14 de novembro, no site (enem.inep.gov.br)
e no aplicativo do Enem. Os cadernos de questões de cada um dos dias de prova
serão divulgados em conjunto, nos mesmos locais onde as provas foram aplicadas.
O Boletim de Desempenho dos participantes regulares do Enem 2018 será divulgado
em 18 de janeiro de 2019.

Segundo o Inep,
os participantes que prestam o Enem como meio de autoavaliação, chamados de
treineiros, recebem os resultados dois meses depois dos participantes
regulares. No primeiro semestre de 2019 também será divulgado o espelho de
correção das redações. Todos os resultados serão postados na Página do
Participante e no Aplicativo do Enem.”
Fonte:
Portal ORM