O professor, Tadeu Paulo dos Santos Silva, 37 anos, foi torturado em uma tentativa de homicídio no Sítio Serra de Capoeira, na zona rural da cidade de Orobó, no Agreste de Pernambuco. A vítima teve orelha e dedo arrancados com uma faca pelos suspeitos.

O mestre também foi alvejado com um tiro na perna e jogado às margens da PE-88. O crime ocorreu na noite de segunda-feira (20). Para a Delegacia de Polícia Civil de Orobó, de acordo com relatos do professor, o crime pode ter motivação política. A polícia segue investigando.

Tadeu Silva foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Severino Távora, em Orobó. A autoria do crime ainda é desconhecida e deve ser esclarecida por inquérito policial. Ninguém foi preso até o momento, mas a polícia segue no encalço dos criminosos.

Informações iniciais da polícia apontam que a vítima estava em um bar de Orobó com um amigo. Eles saíram do local no carro pertencentes ao amigo de Tadeu Silva e foram abordados na PE-88. Antes de fugir, os criminosos torturaram o mestre, roubaram o carro dele e deixaram a vítima às margens da rodovia estadual.