Marabá
26°C
Scattered clouds

Morte do Professor Girafales na miséria é finalmente desvendada

Rubén Aguirre, que interpretou o apaixonado professor Girafales, morreu em 2016. Foi vítima de um fato dramático que fez com que ele tivesse que abandonar o trabalho sem nenhum tipo de auxílio financeiro
Aguirre morreu em 2016, aos 82 anos, com muitas dificuldades financeiras | Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Todos lembram do amor eterno e platônico entre o professor Girafales e Dona Florinda nos nostálgicos episódios da série Chaves, uma das mais famosas e longevas do universo da televisão. Poucos, no entanto, conhecem, o fim trágico que teve Rubén Aguirre, que interpretou o personagem por mais de 20 anos.

Aguirre morreu em 2016, aos 82 anos, com muitas dificuldades financeiras. Segundo publicação recente do jornal argentino Clarín, isso aconteceu porque o ator mexicano sofreu um grave acidente que o impediu de continuar trabalhando.

Por causa do acidente, Consuelo Reyes, a esposa de Aguirre, teve que amputar as duas pernas e o ator teve várias sequelas na coluna, o que fez com que ele dependesse de uma cadeira de rodas.

Tratamento

Todos os tratamentos, que tiveram custos elevados, foram bancados pelo ator, já que no México não há um sistema de saúde pública, a exemplo do SUS no Brasil. Em 2015, já com a saúde muito debilitada, o comediante já estava com seus recursos financeiros se esgotando.

O eterno Girafales chegou a processar a Associação Nacional de Atores do México por se recusar a pagar as despesas médicas que haviam se comprometido a cobrir. Mas, pouco depois, em 2016, ele morreu. Já Consuelo Medellín faleceu dois anos depois. (Com iG)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!