Marabá
29°C
Overcast clouds

Zona rural de Marabá recebe vacinação contra covid-19 neste sábado

As equipes vão atender neste sábado na Escola Tapirapé, na Vila Cupu, e na Escola da Vila Maravilha
Professora Maria Eduardo, moradora do PA Maravilha recebendo a 1ª dose da vacina contra covid-19 Crédito: Cláudio Leal
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A campanha de vacinação contra covid-19 continua acontecendo nas Unidades Básicas de Saúde do município de Marabá. E para as localidades que ainda não possuem postos de saúde, equipes com técnicos e enfermeiros são direcionadas para levar as vacinas.

Neste sábado (15) as vilas Maravilha e Cupu, localizadas na Estrada Rio Preto, Km 250, vão receber ação com 1ª, 2ª e 3ª doses da vacina contra covid-19. Serão ofertadas as vacinas AstraZeneca e Pfizer.

As equipes vão atender das 8h às 12h na Escola Tapirapé, na Vila Cupu e das 13h às 17h na Escola da Vila Maravilha.

De acordo com o coordenador da Unidade Básica de Saúde Luiza Pereira da Silva, Robson Jean da Silva, a ação visa a garantir que a cobertura vacinal seja cumprida em todo o município. A zona rural do município é muito extensa. E nem toda a sua extensão possui postos de saúde.

“A Secretaria de Saúde garante a estrutura necessária para que as equipes das UBS possam ir até as comunidade que não têm UBS para levar a vacinação. É um trabalho importante para garantir o enfrentamento à covid-19”.

Público-Alvo

1ª dose

A primeira dose é aplicada em pessoas acima de 12 anos, incluindo todas os grupos chamados em etapas anteriores, entre eles as grávidas e puérperas (precisam apresentar atestado médico). Documentos necessários são RG, CPF, comprovante de residência, cartão sus e declaração. Pessoas entre 12 a 17 anos precisam estar acompanhadas de um responsável legal.

2ª dose

Pessoas com a 2ª dose atrasada devem procurar os locais de vacinação para completar o ciclo vacinal e garantir a imunização. Quem tiver 8 semanas completos da 1ª dose de pfizer e astrazeneca podem antecipar a 2ª dose. Para esse público basta apresentar cartão SUS, CPF, carteira de vacinação e declaração.

3ª dose

Tomam 3ª dose todas as pessoas acima de 18 anos que tenham 4 meses completos da 2ª dose do imunizante. Outra categoria que recebe a dose de reforço são os imunossuprimidos, desde que estejam com 28 dias completos da 2ª dose, que deve apresentar também atestado ou laudo médico especificando o motivo da vacinação.

São considerados imunossuprimidos, pessoas com o sistema imune deficiente seja por um doença congênita ou outras condições, a exemplo de pacientes em tratamento oncológico, em hemodiálise, transplantados, com HIV/AIDS e ainda pacientes com imunodeficiência primária grave e pessoas que fazem uso dos seguintes medicamentos: Metotrexato, Leflunomida, Micofenolato de mofetila, Azatripina, Ciclofosfamida, Ciclosporina, Tacrolimus, Mercaptopurina, Infliximabe, Etanercept, Humira, Adalimumabe, Tocilizumabe, Canakinumabe, Golimumabe, Certolizumabe e Abatacepte.

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!