Nova identidade do Portal Debate Carajás (Foto: Editoria de Arte)

O Portal Debate Carajás completa dois anos no ar nesta quinta-feira (15). O lançamento, na época como blog, aconteceu na manhã de uma terça-feira, feriado de Adesão do Pará à Independência do Brasil, no ano de 2017.

O que seria uma atividade de passatempo para o professor Pedro Ribeiro de Souza, militar da reserva, ex-vereador de Marabá, ex-secretário de Educação do município e criador do blog na ferramenta Blogger com o endereço debatecarajas.blogspot.com, tornou-se, no desenrolar dos últimos meses daquele ano, uma operação de divulgação da cultura regional, ajuda às autoridades locais e denúncia dos graves problemas enfrentados pelos usuários da educação pública, como o caso do alagamento da Escola Estadual Geraldo Veloso, situada no bairro Belo Horizonte, e o desabamento de parte da estrutura da Escola Estadual Gaspar Viana, no núcleo Nova Marabá.

A primeira postagem do Debate Carajás foi sobre o declínio da chamada ‘orla sem rio’, trecho da Avenida Tocantins, no núcleo Cidade Nova, entre a Avenida 2000 e a Rua das Castanheiras. Depois, veio o complexo caso Dara Vitória, que foi acompanhado com olhar clínico por parte do professor da adolescente.

Com o tempo, o veículo construiu credibilidade pela responsabilidade de checar e apurar todas as informações, dando voz ao contraditório e sem ceder à pressa ou ao método da imprensa marrom, mas com a rapidez característica do jornalismo on-line. Através do Debate Carajás, por exemplo, o homem que assassinou o jovem Ronaldo da Silva Lima no caixa do Supermercado Nacional Alimentos, em Marabá, foi identificado por populares e preso pela Polícia Militar em Cidade Ocidental, no estado de Goiás.

Para comemorar o sucesso e o segundo aniversário do Debate Carajás, lançamos uma nova identidade para um novo tempo. No canto superior da tela e no ícone do navegador já aparece o símbolo que fará você identificar o portal. Elaborada pelo designer gráfico Evandro Teixeira, da Major Design, com sede na Capital Federal, nossa nova marca, que estampa a letra D em primeiro plano e a consoante C em outra perspectiva, representa, na cor azul, os rios e o céu, na cor verde, as matas ciliares e a região amazônica, e na cor laranja, a riqueza da região em ferro, ouro, manganês, bauxita e outros minerais. O logotipo expressa, também, a diversidade de pensamentos e a pluralidade de editorias na interface do site.

Nós, do Portal Debate Carajás, agradecemos seu carinho e sua parceria diários na construção de uma imprensa livre e sensata e de uma sociedade liberta dos grilhões da insegurança. O compromisso sempre foi (e assim permanecerá sendo) o de levar até você notícias em tempo real, com credibilidade e precisão, 24 horas por dia.

Vinícius Soares