Marabá
31°C
Clear sky

Polícias procuram assaltantes de carro-forte em Jacundá

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Polícia Militar, Grupamento Aéreo e Delegacia de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil (DRCO) estão no município de Jacundá vasculhando uma área de mata. Eles caçam os assaltantes que tentaram roubar um carro-forte da Prosegur na tarde de ontem (15), entre Nova Ipixuna e Jacundá, no sudeste do Pará.

A tentativa de roubo aconteceu por volta das 14h. O carro-forte saiu de Jacundá com destino a Marabá e, a cerca de 20 quilômetros do território daquele município, um grupo criminoso tentou parar o veículo.

Primeiro jogaram centenas de peças pontiagudas na estrada a fim de furar os pneus do carro. Depois tentaram fazê-lo a tiros de armas de fogo. Foram encontrados cápsulas de fuzil ponto 50. Os policiais recolheram também cápsulas 7,62, 556, e cerca de 40 quilos de dinamite.

Estima-se que o bando criminoso era formado por 10 integrantes em quatro veículos. Uma Chevrolet Blazer, cor dourado, placas GCR-9887, e uma Renault Duster, de placa não identificada. Um dos carros foi abandonado na PA-150, e a Duster, incendiada na estrada vicinal do Km 60, onde fecharam uma ponte com uma SW4, tomada de assalto durante a fuga e ainda um Fiat Uno, que não foi encontrado.

Equipes de policiais militares dos municípios de Jacundá e Nova Ipixuna empreenderam buscas na região do Km 60, zona rural de Jacundá. Um helicóptero está dando suporte à operação, que conta com equipe de Repressão a Roubos a Banco e Antissequestro (DRRBA), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Até agora nenhum suspeito foi preso. (Antonio Barroso/Agência Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!