Marabá
33°C
Few clouds

Polícia prende no Pará pastor suspeito de estuprar jovem no Maranhão

Evangélico é suspeito de abusar de uma jovem, de 21 anos, no estado do Maranhão. Ele fugiu, mas foi identificado e preso no Pará
Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Na última segunda-feira (27), graças a investigações e ao empenho policial, um homem, que se diz pastor evangélico, foi preso, na capital do estado do Pará, Belém, suspeito de abusar sexualmente de uma jovem, de 21 anos, frequentadora da igreja dirigida por ele.

De acordo com informações policiais, o crime ocorreu no fim do mês de maio, na cidade de Tutóia, nordeste do estado do Maranhão. A jovem alegou que frequentava a igreja com certa regularidade, mas jamais imaginou que o próprio pastor praticaria a violência sexual, seguida de ameaça de morte caso denunciasse o primeiro crime.

Na época, foi realizado exame sexológico forense na vítima, que constatou o abuso sexual. O pastor, cujo nome não foi divulgado, fugiu de Tutóia. No entanto, as autoridades policias já haviam reunido provas suficientes no inquérito policial e solicitaram a prisão do suspeito para a Justiça.

Dias depois, a Comarca de Tutóia expediu o mandado de prisão preventiva. Durante as buscas, a Polícia Civil do Maranhão localizou o pastor no bairro do Guamá, em Belém, local onde ele foi capturado. O nacional foi conduzido para o sistema prisional do Pará, onde aguarda recambiamento para o Maranhão. (Portal Debate Carajás)

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!