Douglas Santos é acusado de matar advogado João Vieira Bezerra em Novo Repartimento.

No início da noite deste domingo, 9, a Polícia Civil prendeu o suspeito da morte do advogado João Vieira Bezerra, morto com disparos de arma de fogo, na noite de sábado, 8, em Novo Repartimento, Sudeste do Pará. O acusado foi identificado como Douglas Wendell dos Santos, 19 anos, um dos pistoleiros que teriam participado da empreitada criminosa, para matar João Bezerra.

A vítima foi assassinada a tiros, por pistoleiros na porta de casa, na noite do último sábado (8). Os autores do crime estavam em uma motocicleta. João Bezerra era formado em Direito pela Faculdade Gamaliel, em Tucuruí. O advogado militava em Novo Repartimento, município, onde também atuava como construtor e era bastante conhecido. A Ordem dos Advogados do Brasil lamentou a morte de Bezerra e a punição dos assassinos.