Marabá
29°C
Clear sky

PF prende duas pessoas por crimes ambientais em área indígena no Pará

Polícia Federal cumpriu dois mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão em nova Esperança do Piriá, nordeste do estado.
Polícia Federal — Foto: Divulgação/Polícia Federal no Pará
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

A Polícia Federal prendeu, neste sábado (22), duas pessoas pelo crime de desmatamento em área indígena do Alto do rio Guamá, em Nova Esperança do Piriá, nordeste do Pará. Ao total, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão.

De acordo com a PF, as investigações iniciaram em abril de 2020 e foi constatado que toda a madeira serrada extraída no município foi extraída de área indígena. Com os levantamentos realizados, os agentes desmantelaram um esquema de serrarias clandestinas na floresta.

Os investigados presos responderão pela prática de crime contra a flora, bem como pelo crime de receptação, pois havia o conhecimento por parte dos proprietários e gerentes da ação criminosa e da madeira ilegal armazenada e processadas nas serrarias.

Fonte: G1 – Pará

 

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!