Policiais continuam atrás dos pistoleiros que mataram, a tiros, o 3º Sargento Milton Lobato Mendonça da Silva, de 49 anos, ontem (17), por volta de 18 horas, na rua Solimões, centro da cidade de Vigia, Região do Salgado, no Pará. O militar estava andando na calçada, dois homens em uma moto se aproximaram, pelas costas, o “carona” sacou da arma e disparou na cabeça do Sgt Mendonça, sem nenhuma chance de defesa.

A vítima foi socorrida e levada ao Hospital Municipal de Vigia, mas não resistiu aos ferimentos, vindo a falecer. O policial morto estava na corporação, há 27 anos, e atuava na 3º Companhia Independente da Polícia Militar, vinculada ao Comando de Policiamento Regional III, com sede em Castanhal. A audácia dos matadores revoltou familiares e amigos de corporação da vítima.

O Centro Integrado de Psicologia e Assistência Social da Polícia Militar (Cipas) enviou uma equipe multidisciplinar para Vigia, com a finalidade de prestar apoio aos familiares. Desde ontem, policiais militares e civis intensificaram as buscas e realizam diligências na região, a fim de localizar e prender os criminosos. Sgt Mendonça deixou esposa e cinco filhas.