Marabá
35°C
Clear sky

Policial investigado por crimes escapa de atentado no oeste do Pará

Gilson dos Santos Soares é suspeito da prática de diversos crimes
PM Gilson Sena - Crédito: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

O sargento PM, Gilson dos Santos Soares, pertencente a 1ª Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cipamb), em Santarém, no este do Pará, escapou de uma saraivada de bala, durante a manhã de hoje (8), sem nenhum ferimento grave.

De acordo com a Corregedoria da Polícia Militar, o policial é suspeito de matar Sonia da Silva Viana e ferir mais cinco pessoas em junho de 2018, em Santarém. O sargento, durante a carreira policial, já respondeu ou está sendo investigado por um rosário de crimes.

Na gíria policial, Gilson Soares é chamado de “clínico geral”, ou seja, ele pratica todo tipo de crime, pois pesa contra ele suspeitas da prática de homicídio qualificado, ameaça, tráfico de drogas, uso indevido de entorpecentes, falsificação de documentos, tentativas de homicídios, venda de vaga, assédio moral e tortura.

O carro em que o PM trafegava foi alvejado com diversos tiros, mas as balas não atingiram Gilson Soares. Após o atentado, os atiradores fugiram, tomando rumo ignorado. Homens da Polícia Militar realizam diligências para prender os suspeitos. O caso será investigado pela Polícia Civil. (Portal Debate Carajás)

Crédito: Redes sociais

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!