Marabá
24°C
Few clouds

Pistoleiros executam borracheiro a tiros dentro de rede no Pará

A vítima ainda conversou com seus próprios assassinos durante três minutos. O crime aconteceu ontem de tarde, na casa de Deivan Pereira. Um acusado de envolvimento no homicídio foi preso | Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um homem, identificado como Deivan Trindade Pereira, de 34 anos, foi assassinado a tiros, dentro de uma rede, ontem de tarde, no município de Tailândia, região nordeste do estado.

Segundo informações do Major Correa, comandante da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar, que tem jurisdição no município, a vítima foi morta instantes após o meio-dia, em sua casa no bairro Jardim Liberdade, periferia de Tailândia.

Segundo os levantamentos no local do crime, a vítima estaria descansando, deitada em uma rede, quando teve a casa invadida por dois homens em uma motocicleta. Eles ainda conversaram com Deivan por três minutos antes de matá-la. O rapaz trabalhava como borracheiro.

A polícia acredita que Deivan conhecia os assassinos, tanto que, após alguns questionamentos, um deles atirou no rapaz e o matou. Os disparos chamaram a atenção dos vizinhos, que acionaram a Polícia Militar. A equipe do sargento Ivan isolou a área. Policiais civis e peritos criminais foram chamados.

No final da tarde, o major Correa informou que a Polícia Militar identificou e prendeu um dos assassinos de Deivan Trindade Pereira. O acusado foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Tailândia para ser autuado em flagrante delito pelo crime de homicídio qualificado.

O Liberal

Cadastre-se e receba notificações de novas postagens!